Curso de Graduação em Artes Cênicas
  • MAÇÃ – Mostra Acadêmica de Artes Cênicas

    Publicado em 21/11/2017 às 16:31
    A MAÇÃ, Mostra Acadêmica de Artes Cênicas, é um evento realizado pelas alunes do curso de Artes Cênicas da UFSC que este ano acontecerá do dia 26 de novembro à 7 de dezembro de 2017.
    Escolhemos o tema MAÇÃ SISU da Cênicas Resiste pensando na movimentação política atual, nos golpes e retrocessos que o país vem sofrendo e nas repercussões de censuras e ataques contra a arte, assim como na politica do nosso curso; a desarticulação dos alunes e a falta de diálogo com os mesmos referente a assuntos que interessam a todes como a perda de ingresso via SISU no ano de 2017, o CAAC(Centro Acadêmico de Artes Cênicas) reconhece como a retirada deste direito nos distância da inclusão social de alunes de classes sociais menos favorecidas em nosso curso, por isso nos mantemos SISUDAS e trazemos foco a discussão: Cadê o SISU que estava aqui?
    Organização CAAC

  • PALHAÇOS DO GRUPO ABAPORU ESTREIAM NA CAIXA PRETA

    Publicado em 21/11/2017 às 16:27

    Em “Clownsificados” é explorada a linguagem da menor máscara do mundo: o nariz vermelho. A peça apresenta cinco palhaços em situações atrapalhadas, nas quais tentam desempenhar um papel que não lhes foi vocacionado. O trabalho foi realizado pelo Grupo Abaporu durante as disciplinas de Atuação e Encenação IV.

     A estreia acontece neste domingo (26), às 18h, na Caixa Preta – térreo do Bloco D do Centro de Comunicação e Expressão da UFSC (ao lado do EFI). Os ingressos são gratuitos e devem ser retirados no local a partir de uma hora antes da apresentação. 

    Sinopse  

     A vida nem sempre é feita de sorrisos, nem mesmo quando você nasceu para ser palhaço. Quando faltam as gargalhadas, falta também o papel-moeda. O que seria do artista se ele fosse forçado a não mais fazer arte? Como se sairia tendo que performar um papel que não o de sua natureza? Em Clownsificados os palhaços do Grupo Abaporu tentam ganhar a vida em outros trabalhos, porém seus desempenhos são questionáveis. Cinco clowns a procura de um emprego encontram em uma folha de jornal a solução: uma plateia!  

    Ficha técnica 

    Diretoras: Blenda Trindade e Laura Wilbert Gedoz 

    Elenco: Gleydson Garcia, Igor Gomes, João QuinalhaMaykon José e Pitita Blasius. 

    Dramaturgia, trilha sonora e engenhocas: Grupo Abaporu 

    Produção Executiva: Olivia Dias 

    Classificação etária: a partir de 6 anos 

    Duração: 45 minutos 

     


  • Peça Teatral: Isto não é uma fábula, adaptação de A Raposa e as Uvas, de Guilherme Figueiredo

    Publicado em 14/11/2017 às 16:44
    Na Caixa Preta do Bloco D do CCE:
    Sexta, dia 17 às 20h 
    Sábado, dia 18 às 17h
    Domingo, dia 19 às 17h
    Ingressos uma hora antes

    Vivendo em um país democrático, você se sente realmente livre? O que nos torna escravos hoje? Existe um limite para se alcançar a liberdade? Isto não é uma fábula, adaptação de A Raposa e as Uvas, de Guilherme Figueiredo, retrata a saga de Esopo para tornar-se livre seja a que custo for.

    Cia duZEUSes
    Direção: Lucas Lima
    Duração: 70min
    Classificação: 12 anos

     


  • D R A M A T U R G I A M O D E R N A: Textos dramáticos de vanguarda – Organização: Adriane Viz Veiga, Giovana Beatriz Manrique Ursini, Larissa Ceres Lagos e Vanessa Geronimo.

    Publicado em 10/11/2017 às 11:50

    D R A M A T U R G I A M O D E R N A: Textos dramáticos de vanguarda – Organização: Adriane Viz Veiga, Giovana Beatriz Manrique Ursini, Larissa Ceres Lagos e Vanessa Geronimo.


  • Inscrições abertas para o MAÇÃ 2017

    Publicado em 08/11/2017 às 11:16

    Estão abertas as inscrições para a MAÇÃ 2017!! 

    👉🏿 https://goo.gl/forms/bIqvgR22maDYxNDR2

    A MAÇÃ, Mostra Acadêmica de Artes Cênicas, é um evento realizado pelas alunes do curso de Artes Cênicas da UFSC que este ano acontecerá do dia 27 de novembro à 7 de dezembro de 2017. Escolhemos o tema MAÇÃ SISUda Cênicas Resiste pensando na movimentação politica atual, nos golpes e retrocessos que o país vem sofrendo e nas repercussões de censuras e ataques contra a arte, assim como na politica do nosso curso; a desarticulação dos alunes e a falta de diálogo com os mesmos referente a assuntos que interessam a todes como a perda de ingresso via SISU no ano de 2017, o CAAC(Centro Acadêmico de Artes Cênicas) reconhece como a retirada deste direito nos distância da inclusão social de alunes de classes sociais menos favorecidas em nosso curso, por isso nos mantemos SISUDAS e trazemos foco a discussão: Cadê o SISU que estava aqui?
    O cronograma do turno da noite já está fechado com apresentações de finalização de disciplinas deste semestre, as inscrições estão abertas para a comunidade artística em geral nos turnos da manhã e tarde. 

    Mais informações: https://www.facebook.com/CAcenicasUFSC/


  • Nova edição do jornal “Qorpus”

    Publicado em 08/11/2017 às 11:04

    EDITORIAL N. 025 – 05/11/2017

    Publicado em 05/11/2017 às 20:04

    EDITORIAL N.025

    Na última edição deste ano do jornal on-line “Qorpus”, oferecemos ao leitor ensaios inéditos na janela “Como é”: o professor e tradutor da Universidade Federal do Paraná, Piotr Kilanowski, escreve sobre a poesia de Anna Świrszczyńska e apresenta traduções de poemas do livro recém-lançado no Brasil, “Eu construía a barricada”, da escritora polonesa.
    Nessa mesma janela, Flávio Vassoler fala sobre Dostoiéviski; Daiane Oliveira traduz um artigo de François Laere sobre “Finnegans Wake”, de James Joyce, e Larissa Lagos traduz uma carta de Samuel Beckett.
    Há ainda, em “Como é”, um ensaio de Bruna Meneguetti sobre o centenário de Maria Firmina, considerada a primeira romancista negra do Brasil, entre outros textos.

    Accumulations, Big Parade, 1976, Arman

    Na janela “… à procura de um autor”, o “Qorpus” oferece aos leitores quatro entrevistas, sendo uma com o cineasta irlandês Alan Gilsenan, e outras duas com os estudiosos Malcolm McNee, que fala sobre a poesia brasileira nos Estados Unidos, e Antonia Javiera Cabrera Muñoz, que discorre sobre Nicanor Parra. O leitor encontrará ainda uma entrevista com a tradutora de Karl Kraus, Mariana Ribeiro de Souza.

    Cello Chairs, 1993, Arman

    Na janela “Teatro na Praia”, o destaque é um conto do último livro de Luci Collin, “Peça intocada”. Nesta mesma janela, uma breve e diversificada antologia de textos dramatúrgicos brasileiros contemporâneos e um conto de William Faulkner traduzido por Sueli Cavendish.

    Artériosclérose, 1961, Arman

    Na agenda cultural, o destaque é o colóquio sobre “Um século de vanguarda”, no dia 7 de dezembro, no anfiteatro da reitoria da Universidade Federal do Paraná.

    O leitor que abrir a janela “Insulto ao público” encontrará à sua disposição uma nova peça teatral: “Luar”, de Filipo Tommaso Marinetti.

    Na janela “Boca de Ouro”, o “Barco Ébrio”, de Arthur Rimbaud, na tradução de Ivo Barroso, em homenagem ao Professor e Ex-Reitor Luiz Carlos Cancellier de Olivo.

    Luth en Cascade, 2000, Arman

    Ilustram o editorial desta edição obras do artista francês Armand Pierre Fernandez (1928–2005), Arman, um dos “novos realistas”.

    Boa leitura,
    Aurora Bernardini
    Dirce Waltrick do Amarante e
    Sérgio Medeiros


  • II Jornada do Núcleo de Estudos Irlandeses com a presença da dramaturga irlandesa Marina Carr

    Publicado em 06/11/2017 às 12:33

    O Núcleo de Estudos Irlandeses (NEI) do DLLE promoverá, nesta terça-feira, dia 07, a segunda edição da Jornada do Núcleo de Estudos Irlandeses. O tema desta edição é a representação de espaços multiformes na literatura, no teatro e no cinema irlandês. Esta edição do evento contará com a presença de Dra Ruth Barton, especialista em cinema irlandês da Trinity College Dublin, e com a prolífica dramaturga irlandesa Marina Carr, pela primeira vez no Brasil. No evento, será lançada a tradução inédita de sua peça By the Bog of Cats… por Alinne Fernandes, profa do DLLE.

    Mais informações aqui: http://ppgi.posgrad.ufsc.br/files/2017/10/II-Jornada-de-Estudos-Irlandeses-NEI-UFSC-E-Flyer.pdf

     


  • Café com Dança: ciclo de palestras e debates

    Publicado em 23/10/2017 às 15:29

    Café com Dança: ciclo de palestras e debates

    Ciclo 3: Dança e Articulações

    Palestra e debate com o prof. Dr. Rafael Guarato (UFG):

    A FABRICAÇÃO DE UM MITO PARA A HISTÓRIA DA DANÇA NO BRASIL: O BALLET STAGIUM.

    Dia: 31 de outubro

    Horário: 14h30

    Local: Sala Pitangueira, hall do segundo piso do Centro de Cultura e Eventos da UFSC.

     

    Já notaram que todo país possui seus baluartes que compõem o panteão mítico de artistas que se inserem numa História da Dança com “H” e “D” maiúsculos? No entanto, já se perguntaram como e porque se deu a edificação de certos personagens que em determinado momento são eleitos como importantes e selecionados para representar uma História da Dança de um país? A proposta é reconstituir historicamente os detalhes que tornaram possível esse fenômeno, tomando como exemplo o Ballet Stagium de São Paulo, buscando desmistificar os pilares em que se assentam tais justificativas, perpassando debates sobre memória, ditadura civil-militar e nacionalismo entre as décadas de 1970 e 1990. Para tanto, perpassaremos pelas relações entre crítica de dança, poder público e a companhia Stagium que tornaram possível a companhia permanecer no tempo, entrelaçando acontecimentos históricos do período, as produções cênicas do Ballet Stagium e as representações sobre elas com um panorama geral da dança, para compreender a constituição e funcionamento de um campo da dança como arte no Brasil.

     

    Sobre o convidado:

    Rafael Guarato – Historiador da dança, professor do curso de Dança da Universidade Federal de Goiás (UFG) e colaborador do Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas da Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Doutor em Historia pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Membro do Conselho Deliberativo e Fiscal (2014/2016) e da Diretoria (2016/2018) da Associação Nacional de Pesquisadores em Dança (ANDA). Membro do Colegiado Setorial de Dança do Conselho Nacional de Políticas Culturais (CNPC/MINC – 2012-1017). Diretor Artístico do Grupo Três em Cena (GO). Desenvolve pesquisas relacionadas a economia da dança, meios de legitimação estética e redes sociais no campo da dança no Brasil.

    Sobre o projeto:

    O projeto Café com Dança foi imaginado como uma forma de oportunizar momentos de intercâmbio entre artistas, professores, pesquisadores, coreógrafos e estudantes da área artística e comunidade interessada na reflexão sobre dança na contemporaneidade. Teve início no ano de 2013 com o intuito de promover debates qualificados sobre questões relevantes e atuais envolvendo a dança em suas perspectivas pedagógica, histórica, sociopolítica e artística; assim como de contribuir para a formação de um público crítico e receptivo a questões relativas à dança e à arte contemporânea. Ao longo dos últimos anos, o Café com Dança vem promovendo ações na UFSC, tais como a organização de palestras, mesas de discussão, projeções de vídeo-dança, vídeo-documentários, conferências dançadas, vídeo-palestras e atividades afins.

    O terceiro ciclo do projeto, intitulado Dança e Articulações, tem como objetivo buscar pontos de encontro entre dança e diversas artes e campos do conhecimento. Neste sentido, pretende apresentar diferentes movimentos, acadêmicos e artísticos, que coloquem a dança em interface com outras disciplinas, assim como produções realizadas em diferentes campos do saber fundadas no encontro com a dança. O projeto recebe pesquisadores e artistas que articulam dança com filosofia, história e artes cênicas, entre outras áreas.

     

    Ficha Técnica:

    Coordenação: Vera Torres – DEF/CDS

    Débora Zamarioli – ART/CCE

    Bolsista: Madalena Mendes Brito

    Identidade Visual: Mônica de Souza

    Apoio: Secretaria de Cultura e Arte – SeCArte/UFSC

     Centro de Desportos/UFSC

    Departamento de Artes/CCE/UFSC


  • FORMATURA 20172

    Publicado em 11/10/2017 às 16:29

    Prezades estudantes com formatura prevista para 2017/2,

    atenção para o prazo de entrega da documentação para confecção de diplomas: 06/11/2017, na secretaria do curso de Artes Cênicas (Sala 514 – Bloco D). A relação de prováveis formandes, bem como a documentação pendente, pode ser acessada AQUI.

    Atenciosamente,

    Secretaria da Coordenadoria de graduação em Artes Cênicas


  • Histórias de arrepiar de Edgar Allan Poe por estudantes da disciplina “Literatura Infantojuvenil”

    Publicado em 27/09/2017 às 11:34

    Convite Halloween: Histórias de arrepiar de Edgar Allan Poe por estudantes da disciplina “Literatura Infantojuvenil”, ministrada pela Profa. Dra. Dirce Waltrick do Amarante

    Quando: dia 16 de outubro, segunda-feira, às 14h

    Onde: Sala 402, CCE, Prédio Redondo.