Concurso de roteiros

05/06/2019 03:26

A Editora da UFSC (EdUFSC) realiza este ano o Concurso Odília Carreirão Ortiga II em que premiará duas obras na categoria Roteiros de Teatro e Cinema. As obras devem ser inéditas e redigidas em língua portuguesa, sendo que os autores devem ser pessoas nascidas no estado catarinense ou residentes nele a pelo menos dois anos. Edital AQUI.

As inscrições poderão ser feitas de 1° de março a 28 de junho de 2019 de duas formas: 1. Diretamente na Secretaria da Editora da UFSC, localizada no 1° andar da EdUFSC do Campus Trindade, em Florianópolis; 2. Remetidas por Correio, respeitando-se a data de postagem, com material endereçado para Concurso Odília Carreirão Ortiga II – Caixa Postal 476 – Florianópolis, SC, 88.040-900.

O resultado do concurso será divulgado em novembro no site da Editora. Dois originais serão os vencedores, podendo ser um roteiro de teatro e um roteiro de cinema, ou dois roteiros de teatro, ou dois roteiros de cimena. A premição para as obras vendedoras será a publicação pela EdUFSC dos roteiros em um volume único em 2020, além de 10% da tiragem das obras (livros) logo após a publicação.

Acesse o Edital e a Ficha de inscrição para participar.

Mais

A Editora da UFSC, ao longo de seus 38 anos de atividade no mercado editorial, em especial no campo das universidades federais, publica obras de variadas áreas do conhecimento. Para dar a devida atenção à área de Literatura, por si só imensa, abrangente e complexa, a Editora da UFSC promove anualmente concursos literários que contemplam os diversos gêneros literários, cuja premiação é a publicação da obra selecionada em cada concurso. Já foram editadas Ao que minha vida veio…Suéter laranja em dia de luto seguido de Não sempreCrônicas das cidades partidasCurralGuia literário para machosPoesia religiosa: antologiaOs mortos de abril: pequeno diário higiênico, todos disponíveis para venda em livraria.ufsc.br.

A EdUFSC também disponibiliza e-books gratuitos que podem ser acessados e lidos por todos. Confira no site http://editora.ufsc.br/estante-aberta/.

Odília Carreirão Ortiga

Formada em Direito (1958) e em Letras Neolatinas Francês e Português (1973) pela UFSC, e doutorada em Literatura Brasileira (1993) pela USP, a ligação da professora Odília Carreirão Ortiga com o teatro começou em 1959, quando fez parte do grupo fundador do Teatro Universitário de Santa Catarina, que teve uma produção intensa nos anos 1960. Dirigiu peças, excursionou, participou de festivais e incentivou atores, entre eles Zeula Soares, Édio Nunes e Ademir Rosa.

Na década de 1960, Odília Ortiga atuou também como diretora de teatro em montagens do SESC, UFSC e SESI, onde teve sua última experiência teatral, com a peça “O Santo Inquérito”, de Dias Gomes, que estreou e se manteve em cartaz no TAC, além de ser apresentada para a comunidade operária na cidade de Blumenau. Entre os diversos espetáculos dirigidos por ela também destaca-se “O Auto da Compadecida”, de Ariano Suassuna, que fez longa temporada no Teatro Álvaro de Carvalho, com grande sucesso de público, além de uma inédita apresentação para os internos da Penitenciária do Estado.

A partir de 1974, ela seguiu a carreira de professora no curso de Língua e Literatura Vernáculas, na graduação e pós-graduação da Universidade Federal de Santa Catarina. Em 2014, Odília Ortiga foi homenageada no 21º Festival de Teatro Isnard Azevedo. Faleceu em Florianópolis, em 27 de outubro de 2016.