Oficina Encontros com Jaguar: Práticas artísticas desde o perspectivismo de Viveiros de Castro

26/08/2019 15:55

Visualização da imagem

 

Oficina Encontros com Jaguar: Práticas artísticas desde o perspectivismo de Viveiros de Castro

 

O que é: Oficina teórico-prática que aborda as pesquisas e as práticas artísticas desde as concepções do perspectivismo ameríndio desenvolvida pelo etnógrafo Eduardo Viveiros de Castro.

A oficina pensada como laboratório de formas de relação propõe uma experiência que desafia as ordens naturalizadas e naturalizantes, especialmente aquelas que se fundamentam em categorias binárias como: sujeito/objeto, biológico/sociológico, físico/moral, natureza/cultura.

Se compreendermos a prática artística como modo de conhecimento, uma das possibilidades de não sobrepor um aparato analítico, crítico ou criativo ao que queremos conhecer, experimentar ou testar é produzir interferência.

Esta oficina é uma proposta de interferência com objetivo de repensar o lugar do artista, desestabilizar a ideia de objetos e ativar a produção artística a partir de um modo mais simétrico de criação.

Tags: dança, perspectivismo, alteridade, criação, antropología, pesquisa.

Data: 31 de agosto (das 10 às 17h) e 1 de setembro (das 14 às 18h).

 Duração: 10 (dez) horas

Oficina gratuita com emissão de certificado pela Udesc

Público alvo: estudantes de graduação e pós-graduação em artes.

Local: sala dança 1.
mais informações:  (48) 99606 8768 ou mantenerseinsistente@gmail.com
Ministrantes:
– Paloma Bianchi  artista da dança e doutoranda do PPGT da UDESC.
– Diana Delgado-Ureña curadora e doutoranda do programa de pós-graduação em Filosofia da Universidade Zaragoza (ES)